jump to navigation

Stress e seus Riscos 3 de Setembro de 2013

Posted by Geraldo Neto in Alimentos Funcionais, Atividade Físicas, Dicas, Hipertensão, Mitos e Verdades, Qualidade de Vida, Sinais e Sintomas, Stress.
Tags: , , , , ,
trackback

O stress é o segundo fator de risco mais encontrado nas pessoas com diagnóstico de infarto do miocárdio. O ritmo de vida agitado, principalmente o das metrópoles, impõem ao homem um estilo totalmente contrário à sua natureza. Na juventude os efeitos deste estilo de vida não chegam a ser percebidos. Mas a partir dos trinta anos, o organismo começa a dar sinais de que não foi feito para um bioritmo igual a este.

Parece difícil combater este grande mal que é o estresse. Cada pessoa tem uma maneira de enfrentar os problemas do cotidiano e também reage de maneira diversa. Contudo, para a saúde do seu coração é preciso seguir certas regras, senão as coisas podem ficar muito ruins de uma hora para a outra.

Como o Stress Influencia na Doença Coronariana?

Uma pessoa que se estressa facilmente, libera quantidade adicional de adrenalina pelo próprio corpo. Quando esta adrenalina entra na corrente sanguínea os seus efeitos são: aumento do número de batimentos cardíacos (taquicardia) e aumento da pressão arterial. Tendo hipertensão arterial, o coração irá trabalhar muito mais do que em condições normais, tendo afetada a sua própria circulação coronariana. Isto quer dizer, maior trabalho com menor oferta de energia (sangue). Num dado momento pode ocorrer o espasmo coronariano que é o fechamento ou colabamento de uma artéria coronária.

Os cientistas ainda não tem completa certeza da causa deste espasmo e porque a artéria não se relaxa a seguir. Para o seu conhecimento, quando uma artéria tem um espasmo a circulação não se completa para a região a seguir. O resultado é o infarto agudo do miocárdio.

Como Reduzir o Stress?

A primeira coisa a fazer é refletir e descobrir o que pode ser um agente estressor no seu dia a dia. Cada pessoa tem o seu limiar e tolerância para cada coisa. Em termos gerais, algumas destas “dicas” poderão ser úteis:

Dormir cedo e o suficiente para recuperar as energias gastas durante o dia (8 horas é o aconselhável)

Acordar mais cedo do que o habitual. Se você sabe que tem trânsito em um determinado local, saia mais cedo de casa

O desjejum deve ser de uma alimentação o mais saudável possível

Evite o uso do café, esta substância é estimulante

Evite o uso do cigarro

Evite ouvir músicas muito agitadas

Tenha alguma atividade física

Leia bons livros (livros de auto-ajuda)

Alimente se naturalmente, evite alimentos “pesados” (os que levam maior tempo para serem digeridos)

Estas são apenas algumas das maneiras que podem ajudar no controle do stress. Existe uma variedade deo outras formas, você deverá encontrar aquela que melhor funcione para o seu caso.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: